terça-feira, 6 de outubro de 2015

Capitulo Treze


Escritório de Lara

- Bom dia! - diz Lara chegando em seu escritório.

- Bom dia!
- Flavia precisamos terminar hoje a coleção Primavera Clean, liga na Salgari e verifica pra gente se já podemos começar.
- Aquela Vanessa é um nojo. - diz Flavia uns minutos depois.
- O que aconteceu Flávia.
- Ela sempre complica as coisas, disse que eles estão com a agenda lotada e só vai poder costurar o nosso só daqui a 15 dias.
- Ela não disse isso né.
- Infelizmente disse sim.
- Eu vou lá na Salgari, e enquanto isso reúne o pessoal pra gente verificar os detalhes.

Escritório Henrique

- Bom dia! - diz Lara entrando na sala de Henrique.
 Look: Henrique
- Oi meu amor, aconteceu alguma coisa? - diz ele surpreso pela visita dela cedo.
- Vim saber porque vocês não vai poder costurar nossa coleção.
- Como não? Claro que vamos. Vou verificar. - diz e vai até o telefone.
- Vanessa, teve algum problema com a coleção da Lara?
- Problema nenhum, só não temos horário pra ela esse mês.
- Vem até minha sala, por favor.
- Com licença. - diz Vanessa uns minutos depois.
- Explica porque não tem horário pra coleção da Lara?
- Como eles não agendaram, nós incluímos outras empresas e agora as costureiras só vão estar disponíveis daqui uns 15 dias.
- Deixa eu te explicar uma coisa Vanessa, a minha empresa não precisa agendar horário aqui, ou você esqueceu disso? E não estou falando pelo fato de o Henrique ser meu marido, estou dizendo que não precisamos agendar, porque a minha empresa pertence essa familia, então se você acha que vai prejudicar a minha empresa, não está, você está prejudicando também essa aqui que você trabalha.
- Eu entendi, vou desmarcar uma empresa.
- Vanessa, faz favor reserva quantas costureiras a Lara precisar sem desmarcar qualquer outro agendado.
- Vou fazer isso sim. De quantas costureiras você precisa?
- Liga pra minha secretaria e ela te informará.
- Desculpa Lara. - diz Henrique depois que Vanessa sai.
- Acho que preciso de um copo de água.
- Lara, o que você tá fazendo aqui? - pergunta Alice que entrava na sala e preocupa de ver a nora. - Tá se sentindo bem?
 Look: Alice
- Oi Alice, eu to bem, só vim resolver um probleminha de trabalho. Eu já vou indo, obrigada meu amor. - diz beijando o marido.
- Foi problema de trabalho mesmo, achei ela nervosa. - diz Alice depois que Lara sai.
- Foi sim mãe e já resolvemos. E o que você veio fazer?
- Eu vim resolver os problemas da familia. E chamar vocês pra almoçar comigo. Seu irmão veio hoje?
- Não vi ele ainda. Mas eu aceito o convite.


Escritório Cesar
 Look: Cesar
- Bom dia Lídia, o Cesar ta aí? - pergunta Alice.
- Está sim, pode entrar.
- Oi filho.
- Oi mãe.
- Não quero te atrapalhar, só vim chamar pra almoçar.
- Ah mãe, to cheio de serviço, tava pensando em comer alguma coisa da lanchonete.
- Nem pensar, já chamei seus irmãos e eles aceitaram.
- Tudo bem então, não tá aprontando nada não né.
- Claro que não, só quero almoçar com meus filhos.


Casa de Thais

- Quem é Tom? - pergunta Thais que tava na cozinha.
- O tio Edu.
- Edu? O que você tá fazendo aqui?
- Vim falar com você?
- Eu vou terminar minha lição no quarto. - diz Tom pra deixar os dois a sós.
 Look: Thais Look: Edu
- O que você quer falar?
- Eu to sentindo sua falta, não quero ficar separado de você.
- Você tá louco, você quer que sua familia acabe com a gente.
- Eles não vão fazer isso. Eu te amo Thais.
- Edu... - faz uma pausa e se aproxima dele. - Eu também te amo. Mas não podemos ficar juntos.
- Porque não, você não tá com o Cesar, ou você só me queria porque era proibido.
- Claro que não, que absurdo.
- Foi isso que ouvi da minha filha. E ela tem razão, agora que nada impede a gente de ficar juntos, a gente não fica.
- Não depende só da gente.
- Claro que depende, se a gente se ama, o que nos impede agora. Eu te amo. - diz e a beija.

Enquanto Edu e Thais se entendiam, Cesar estava em frente ao prédio de Nicole aguardando ela chegar.
- Cesar? - diz ela surpresa por ver ele ali esperando por ela. _ O que está fazendo aqui?

- Estava esperando você chegar. - diz ele depois de dar um beijo nela.
- - Você vai entrar? - pergunta ela, já sabendo a resposta.
- Claro ou você não quer.
- Claro que quero. Só que hoje eu preciso estudar, então você vai ficar só um pouquinho e vai embora.
- Tudo bem, eu te ajudo a estudar e fico um pouco mais.
- Cesar, eu estou falando serio.
- Eu também, quem melhor que eu pra te ajudar a estudar.
Assim que entram no apartamento eles não aguentam de tanto desejo e se beijam com tanta intensidade.