quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Capitulo Setenta e Quatro


Fábrica Salgari

- Boa tarde filho. - fala Alice no escritório de Henrique.
- Oi mãe, entra. Não vou poder te dar atenção, tem uma reunião marcada pra agora.
- Não tem problema. Só passei pra falar oi mesmo.
- Mas se quiser participar da reunião. É uma reunião com a diretoria sobre a confecção da Lara.
- Melhor eu não participar. Não quero dar minha opinião sobre esse tema.
- E eu posso saber qual seria sua opinião?
- Eu só não quero que você sofra novamente.

Villa 211

- Já está livre da faculdade Nicole? - pergunta Mirela.
Resultado de imagem para look social Look: Mirela Resultado de imagem para look social Look: Nicole
- Graças a Deus.
- Agora vou ter minha mulher mais tempo pra mim. - fala César abraçando ela.
- Olá. - fala Edu chegando com Fernanda.
- Quando vai ser a festa de graduação Nicole? - pergunta Fernanda.
- Mês que vem.
- E jantar na casa da sua mãe, ela vai fazer? - pergunta Mirela.
- Isso com certeza.



Lisboa



- Só um instante que estou indo. - grita Emilie que ouvia bater na porta do quarto.
Ela estava tomando banho, veste o roupão e vai abrir a porta.
- Olá! - diz Fábio.
- Fábio? O que faz aqui?
- Eu precisava te ver Emilie. Posso entrar?
- Sim, entra.

Casa de Melissa

- Oi Henrique, não esperava por você.
- Esperava pelo Tiago?
- Não esperava por ninguém.
- A Geovana está no quarto?
- Não. Ela saiu.
- Saiu? Espero que não tenha sido com aquele garoto.
- Sim. Foi com ele que ela saiu.
- Onde eles foram?
- No shopping, depois no cinema.
- Foram só?
- Por favor Henrique, não vai começar essas crises de ciúmes.
- Eu só estou cuidando da minha filha, você sabe o que pode acontecer dos dois ficar sozinhos.
- A Geovana é muito ajuizada, não tem motivo pra preocupar.
- Mas eu preocupo.
- Tudo bem Henrique, estou com um pouco de dor de cabeça, quero dormir mais cedo. Se você não se importar de ir embora.

Villa 211


- Você disse que não ia vim? - fala César para Henrique quando chega.
- Eu ia jantar com a Geovana, mas ela não estava. - diz ele.
- E porque não ficou pra jantar com a Melissa. - fala Mirela.
- Nem vou me dar o trabalho de responder Mirela.
- Depois quando  chegar alguém na sua frente, não vá se arrepender. - fala Mirela.

Casa de Melissa

- Mãe, já está dormindo? - fala Geovana.
- Chegou agora?
- Acabei de chegar. Está se sentindo bem?
- Só um pouco de dor de cabeça.
- Está queimando em febre mãe. Vou pegar o termômetro. - fala Geovana preocupada.

Lisboa - Hotel




- Você é louco de vim até aqui. - fala Emilie abraçada Fábio depois de fazerem amor.
- Eu não estava aguentando mais de saudades.
- Eu adorei que tenha vindo.
Resultado de imagem para dormindo abraçados
- Mas eu preciso ir embora.
- Porque nao passa a noite aqui?
- Eu não posso. Mas posso vim amanhã e ficamos o dia todo juntos.
- Seria bom, mas não terei tempo para te dar atenção.
- Que pena. Que dia você volta?
- A exposição acaba no domingo e devo voltar na segunda ou terça feira.

Casa de Melissa

- Que bom que veio pai. - diz Geovana abrindo a porta.
- Como ela está? - fala ele preocupado.
- Nada bem. Desculpa te ligar, mas você é a pessoa mais próxima.
Resultado de imagem para deitada doente
- Oi Melissa. Acho bom te levar ao hospital.
- Não precisa Henrique, é aquela enxaqueca que sempre tenho.
- Minha preocupação é a febre.

Casa de Clara

- Onde você estava Fábio? - fala Clara quando ele chega em casa. - Estava preocupada.
- Não precisa se preocupar, já cheguei. - diz ele é vai em direção ao quarto de Cauã.

Casa de Melissa

- Bom dia pai. - fala Geovana acordando o pai que dormia no sofá no quarto de Melissa.
- Bom dia. Dormiu bem?
- Quase nada. E você dormiu aqui no sofá?
Resultado de imagem para preguiça no sofá
- Eu fiquei checando a febre da Melissa e acabei adormecendo aqui.
- Ela já está melhor?
- Sim, graças a Deus.
- Muito obrigada por ter vindo, você nos ajudou muito. - agradece Geovana.
- Bom dia. Vocês estão aqui? - fala Melissa acordando.
- Bom dia. Como se sente? - diz Henrique.
- Minha cabeça dói muito ainda.
- Pelo menos não tem mais febre. - fala Henrique.
- Eu vou preparar um pequeno almoço pra nós. - fala Geovana.
- Obrigada por ter vindo e cuidado de mim. - fala Melissa.
- Não precisa agradecer. O importante é que você está bem.



Casa de Viviane

- As meninas não está em casa? - pergunta Clara para Viviane.
- Estão no quarto. - diz Viviane.
- Querem beber alguma coisa? - oferece Paulo.
- Vamos jantar primeiro amor. Vou chamar as meninas pra vim jantar. - fala Viviane.
- Enquanto isso, vou pegar uma bebida pra nós Fábio. - fala Paulo.
- Eu aceito.

Casa de Melissa

- Geovana, liga no restaurante e pede comida pra você. - diz Melissa.
- Porque levantou? - fala Geovana.
- Eu te chamei e você não ouviu.
- Não mesmo. Mas é melhor voltar pra cama.
- Eu vou voltar, e liga e pede comida.
- Não vai ser preciso pedir.
- Porque não?
- Meu pai está fazendo.
- Seu pai? Ele ainda está aqui?
- Sim.


Casa de Sara

- Não vai ver a Geovana hoje? Se quiser te levo lá. - fala Sara.
- Não mãe. A mãe dela está doente e o pai dela está lá.
- Entendi. O que a Melissa tem?
- A Geovana disse que é uma enxaqueca que ela tem e está com febre também.
- Podemos ir visita-las.
- É uma boa ideia. Vou ligar pra Geovana.

Casa de Viviane

- Você fez o que? - fala Paulo surpreendido  para Fabio.
- Fala baixo.
- Se a Clara descobre isso.
- Eu sei que não deveria ir lá, mas eu não estava aguentando mais.
- Porque não separa da Clara então Fábio.
- É o que pretendo fazer.


Casa de Alice

- O Henrique não vem mãe? - pergunta Natália.
- Acredito que não. A Lara vai vim.
- Ela está decidida a conquistar ele.
- Ela te falou?
- Não. Uma pessoa no escritório ouviu ela falando com a Thais.
- Como já disse, o importante é ele feliz.
- O Renato chegou Naty. - fala Mirela. - Mãe, falta levar alguma coisa lá pra fora?
- Aqui. - diz entregando uma panela. - As batatas.

Casa de Melissa

- Sua mãe acordou? - pergunta Henrique.
- Acordou e está com febre. - fala Geovana.
- Vou lá ver. - diz subindo as escadas.


Família Sampaio

- Tia Sara, sabe quana tia Emilie volta? - pergunta Paula.
- Não sei Paulinha, acho que amanhã.
- Ganhei dois ingressos pra um concerto de musica, vou chamar ela pra ir comigo.
- Você não convida um garoto?
- Porque não tem nenhum garoto que gosto e sei que a tia Emilie gosta.
- Do que a Emilie gosta? - pergunta Viviane que entrava com Clara.
- De concerto de musica. - fala Paula.
- Ah é verdade, ela adora mesmo. - concorda Viviane.

Casa de Melissa

- Está se sentindo melhor? - fala Henrique preocupado depois de chegarem do hospital.
- Estou sim.
- Vou preparar uma sopa pra você. - diz ele.
- Não Henrique, estou sem fome.
- Mas precisa comer. Eu já volto.
- Tão fofo ele cuidando de você. - fala Geovana.
- E nunca pensei que ele fosse fazer isso.
- Ele gosta muito de você mãe.
- Você não tem prova amanhã?
- Tenho.
- Então vai estudar.
- E quem vai cuidar de você amanhã?
- Amanhã estarei melhor. Agora vá estudar.
- Se precisar de mim, chama.

Casa de Sara.

- Bom dia. - fala Tiago.
- Bom dia. - diz Sara sem entender a visita dele tão cedo. - Temos trabalho já?
- Na verdade não. Eu só passei pra irmos juntos  tomar o pequeno almoço.
- Toma aqui em casa então, acabei de preparar. Entra.
- O Pedro já acordou?
- Ja. Esta se ajeitando.

Casa de Melissa

- Mãe, eu posso faltar a aula hoje, só você ligar na escola e dizer o que aconteceu que ela deixa eu fazer a prova outro dia.
- Eu estou bem Geovana e não tem necessidade de faltar a aula hoje.
- Mas você ainda está com febre.
- Bom dia. - fala Henrique.
- Bom dia. - responde Melissa.
- Eu posso pedir pra o meu pai ligar na escola então.
- Porque? - quer saber ele.
- Ela quer faltar na aula e tem prova. - diz Melissa.
- Eu só quero ficar pra cuidar de você mãe.
- Eu sei filha e agradeço, mas eu já estou melhor.
- Não se preocupe Geovana, eu fico com sua mãe até a febre baixar.
- Nem pensar, você tem sua vida, seu trabalho Henrique, não quero te incomodar mais.
- Não é incômodo Melissa.
- Então eu já vou pra escola. - fala Geovana dando um beijo nos pais e saindo.
- Obrigada Henrique. - agradece Melissa.
- Não tem nada importante na empresa hoje, vou ligar e dizer que só vou no período da tarde.
- Preciso ligar na fábrica também. Viu meu telefone?
- Acho que tá lá embaixo, eu trago pra você.

Fábrica Salgari

- O Henrique só vem a tarde? - fala Mirela surpresa.
- Ele acabou de ligar. - diz a secretária.
- E ele disse porque?
- Não, só disse que tinha umas coisas pra fazer.
- Só espero que não tenha nada a ver com a Lara. Vou ligar pra Natália. - diz pegando o celular. 📞 Naty, tudo bem? > Não, nada. A Lara já chegou? > Não, não quero. > Eu só liguei pra chamar pra ir almoçar juntas hoje. > Combinado então. Beijinhos. 📞

Casa de Melissa

📞 - Eu já estou melhor pai. - fala Melissa ao telefone com o pai. > - Sim, o Henrique ficou comigo o tempo todo. - A Rosa ligou e disse que vai vim só na quarta. - Vou adorar, obrigada pai. 📞
- Era o seu pai? - pergunta Henrique entrando no quarto com uma bandeja na mão.
- Sim, ele vai mandar uma empregada e um guarda costas até os meus voltar. E eu vou ficar mal acostumada com tantos mimos. - fala ela feliz.