sexta-feira, 29 de abril de 2016

Capitulo Trinta e Nove


Hospital

- Se você quiser pode ir Nicole. - fala Thais depois de amamentar a filha. - A minha mãe já
está chegando.
 Look: Nicole
- Não se preocupe, eu espero.
- A dona Alice ligou, elas chegam amanhã. - diz Thais.
- Como ela dorme tranquila. - diz Nicole observando a bebê dormir.
- Obrigada Nicole por esta comigo nesses dias. - agradece Thais.


Casa de Rafaela  - mãe do namorado de Mirela

- Quando o Ronnie  me disse que era você a namorada fiquei muito feliz Mirela.
- Eu estou muito feliz também.
 Look: Rafaela  Look: Mirela
- Sei que é desagradável perguntar, mas você não estava noiva? - pergunta Rafaela.
- Estava, mas não deu certo.
- Espero que agora der certo, faço muito gosto do namoro de vocês.
- Boa noite. - diz Dennis pai de Ronnie.
- Boa noite meu amor. - diz Rafaela indo ao encontro do marido.
- Essa é a Mirela? - fala ele. - Bem vinda Mirela. Eu vou tomar um banho e já desço pra jantar.


Alguns dias depois

Empresa Salgari

- Olá Fernanda, obrigada por vim. - diz Henrique.
- Trouxe um contrato pra você analisar.
- Faz tempo que queria trabalhar com essa empresa. - diz ele olhando o contrato.
- O que você achou do contrato?
- Eu achei ótimo, está tudo nos nossos termos, mas é bom verificar.
 Look: Fernanda
- Com licença. - diz Lara entrando na sala dele.
- Oi Lara, entra.
 Look: Lara
- Eu vim pra reunião, mas acho que cheguei cedo. - diz olhando Fernanda com uma certa curiosidade.
- Essa é a Fernanda, ela é do nosso escritório em Vila Nova de Gaia.
- Prazer. - diz Fernanda educadamente.
- Como vai?
- Sr. Henrique a sala de reunião já esta pronta. - diz a secretária.
- Obrigada Suzana.


Casa de Erica

- A Stephanie ainda não chegou Luana?
- Ela foi no cinema com o Tom. - diz Luana.
 Look: Erica
- Não acha que é cedo pra ela namorar Luana?
- Eu acho sim Erica, mas não adianta ficar segurando.
- Com quem ela foi?
- Com o tio do Tom e as primas.
- Eu vou encontrar o Vicente e vou ligar pra encontrar com ela.
- Sua mãe ligou e quer saber o dia que vocês vão pra lá, ela disse que não consegue falar com você.
- Vou decidir com o Vicente.

Cinema

- Estou saindo do cinema com as crianças. - diz Edu ao telefone.
- Eu estou na casa do seu irmão. - diz Fernanda.
- Qual irmão?
- O Cesar.
- O que você está fazendo aí?
- Vim trazer o contrato daquela loja de Gaia pra ele ver.
- Porque?
- O Henrique acha que tem alguma coisa errada no contrato e ele não consegue falar com o advogado da empresa.
- Tudo bem, a gente se ver amanhã.
- Quem era no telefone pai. - pergunta Carol.
- Era do trabalho. Vamos comer.

Casa de Cesar e Nicole

- Espero não estar atrapalhando dr. Cesar. - diz Fernanda.
- Não esta. E pode me chamar de Cesar. Quer beber alguma coisa?
- Não obrigada.
- Deixa ver o contrato.
 Look: Fernanda Look: Nicole
- Aqui. - diz entregando a pasta nas mãos dele.
- Olá! - diz Nicole chegando em casa e surpresa com a visita.
- Você veio cedo, porque não me ligou?
- O pai da Ingrid nos trouxe.
- Essa é Fernanda, ela é da Salgari de Vila Nova de Gaia.
- Tudo bem Nicole? - cumprimenta ela.
- Tudo. - diz ainda desconfiada com a presença dela.
- O Henrique pediu pra eu olhar um contrato pra ele, de uma loja que eles querem fechar contrato.
- Ah sim, claro. E onde está o Henrique?
- Ele não veio, pediu pra eu vim.
- A Nicole está terminando a faculdade de Direito. - fala Cesar que estava tenso pela expressão
de seria que Nicole fazia.
- O Henrique me disse.
- Eu soube que está gravida. Parabéns. - diz Fernanda uns minutos depois enquanto Cesar olhava
o contrato.
- Obrigada. Você tem filhos?
- Não, não tenho.
- Também não é casada, mas tem namorado?
- Também não.
- Entendo. - diz Nicole já mais atenciosa com a moça. - Você tem parentes aqui ou está em hotel?
- Estou em hotel.
- Eu vou preparar o jantar, você janta com a gente? - convida Nicole.
- Não quero incomodar Nicole.
- Não é incomodo.

- Realmente o Henrique tinha razão Fernanda. - diz Cesar durante o jantar. - Agora precisa ver se a
empresa lá sabia ou não desse termo.
- Eu acredito que foi um erro, eles são uma empresa seria.
- Mas pode ter sido uma outra pessoa querendo beneficio próprio. - diz Nicole.
- Pode ser sim. Com licença, preciso atender. - diz Fernanda com celular na mão que tocava.
- Aqui está o contrato. - diz Cesar entregando pra ela.
- Obrigada  Cesar.
- Próxima vez que voltar, me liga. - diz Nicole.

- Fez amizade rápido com ela. - diz Cesar assim que Fernanda sai.
- Ela é legal.
- Não foi isso que achou quando você chegou aqui.
- E você queria que eu gostasse. Chego em casa e encontro meu marido na sala de papo com uma
mulher bonita.
- Eu te amo Nicole. - diz beijando o pescoço dela.